V Congresso foi avaliado pelos participantes

Realizado em Brasília entre os dias 24 e 26 de setembro de 2015, o Congresso da Associação Brasileira de Psicologia do Esporte - ABRAPESP, reuniu profissionais e estudantes das Ciências do Esporte em minicursos, debates e palestras. Nesta quinta edição o que mais marcou foi exatamente a diversidade de representantes de todo o Brasil.

Um mês depois do evento, com a nova diretoria da Associação assumindo efetivamente o dia-a-dia da entidade, foram retomadas as publicações, e, neste mês de novembro, vamos publicar aqui alguns reportes de como foram as atividades.


A primeira delas é o resultado da pesquisa sobre o congresso, respondida via web, pelos participantes. Os respondentes: 53% sócios da entidade e 47% não sócios.


DIVULGAÇÃO


Perguntados sobre como ficaram sabendo do evento, 53% disseram que a informação chegou através de outras pessoas, 32% via web.


Para os participantes o destaque foi o boletim semanal distribuido na fase pré-congresso e as redes sociais. Informações citadas nas questões abertas.


Sobre as inscrições, o formato via web foi aprovado. 80% considerou bom e 15% regular.


INFRAESTRUTURA


O local também agradou 61% dos presentes. A queixa foi a falta de refrigeração das salas, porque o calor e a baixa umidade do ar no Distrito Federal estava judiando de todos. Entre as pessoas que ficaram no hotel indicado pela comissão organizadora do evento 60% gostou, 37% não aprovou em função da distância até o Campus da UCB. 73% responderam sobre o transporte, sendo que 69% achou bom. O destaque foi coffee break com 100% de aprovação.


Pesquisa ABRAPESP

PONTOS POSITIVOS


"As atividades pré-congresso foram uma estratégia muito bacana: mobiliza os profissionais de diferentes regiões, os coletivos, temas diversos em psicologia do esporte, chama atenção para o congresso e divulga a Associação, conferindo caráter realmente nacional. Então o congresso começou muito antes do momento de culminância. O congresso em Brasília foi bastante diversificado (temáticas, experiência profissional dos palestrantes, tipo de atividade), um propósito claro de interação/integração de áreas em torno da psicologia do esporte. Essa é uma boa discussão que requer mais diálogo, aprofundamento, ampliação do entendimento".


"Pontos positivos? Todos. Foi um dos melhores congressos que já fui até hoje. Muito bem organizado e palestrantes maravilhosos.""


"Boas palestras, novo site, lançamento dos livros, contatos, organização apresentação dos conteúdos no congresso e a participação de atletas pesquisadores na área"


"Pontos positivos: cidade, animação dos participantes em agregar, ausência de "brigas" politicas (veladas ou explícitas), presença de representantes do CFP e CONFEF !!! (trazer Fisio e Nutri tb e medicina esporte tb !!)"


PONTOS NEGATIVOS